domingo, 19 de fevereiro de 2012

Desvaneios de fim-de-semana!

Saudades de quando era Jovem!


Loucuras, aventuras, buscas e perdas…
Incertezas, ansiedades…
Oh! Jovem…
Isto é a tua mocidade!?

Nada te pára!
Segues o teu caminho livre…
Ainda de sangue quente, 
E alma sonhadora.

Ambicionas ter o mundo,
Descobrir o amor…
Conquistar o inconquistável,
Ser feliz…
Sem saberes, ainda, o que é a infelicidade!

Vais tropeçando por aí…
E chorando até não puderes mais…
Aprendendo com os erros, 
E crescendo ainda mais!

O teu caminho vais construindo,
Pedra a pedra colocando,
Com muito esforço e empenho,
É esse o teu destino…
Só tu, jovem, sabes o que é construir uma vida!

Noites acordado,
Perdido na multidão de amigos…
Manhãs de mochila às costas…
Tanto por aprender!
Esse peso nas costas é o peso de uma vida por viver!

Bombardeado por conhecimentos…
Tanta informação…
Oh, que confusão! - dizes tu…
Será que és capaz? 

Todos querem dar palpites,
Mas só tu tens o leme da vida!
Neste mar de incertezas…
Só tu podes te levar a bom porto!

Oh jovem! 
Que rodopio que é a tua vida…
Pula…Pula…
Corre… corre…
Vai…

Não pares…
Segue por aí… 
Quem sabe numa dessas esquinas…
Alguém te espera…

É o amor que te espreita!
É a aventura que te procura!
É vida que anseia por ti…!  
Vive… 
(em tempos a inspiração escrivia assim... parece que está a voltar!)

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...